• mapasconfinamento

Lelena Lucas

Updated: Oct 4




VIDA PÓS-PANDEMIA


Vamos

levar o antes

a passear

amarrado aos nossos pés

como os loucos o fazem

com seus pertences


Arrastamos com ele

gritos

e canções nas janelas

notícias dos mortos

e os mortos ainda vivos

descuidados

inocentes de seus destinos

frágeis


Carregamos os cruéis

e seus barulhos bizarros

suas falas desembestadas

e somos mais fortes

para combatê-los

levamos alguns deles

embolados às suas derrotas


As sombras são

assustadoramente mais visíveis

e se já não mais sabemos nos abraçar

elas nos ensinam e se tocam

antes de nós

onde as novas luzes se cruzam

nas paredes

nas ruas que reocupamos

aos poucos

nos muros

porque os muros estão

onde sempre estiveram

e como não desaprendemos

a cantar e dançar

é o que faremos

ao derrubá-los

ou pintá-los com as novas cores


Vamos




Nascida em Belo Horizonte, onde vive, Lelena Lucas é artista plástica, escritora, coreógrafa e coordenadora da Corpo Escola de Dança. É autora da pintura da nossa fotografia de capa.


Sabela Guy estudou francês e português e está, de momento, a fazer um mestrado em História de Arte. Interessa-se por poesia, literatura e fotografia, e pelo período impressionista francês.




POST-PANDEMIC LIFE



Let’s

take the what-was

along for a walk

tied to our feet

just as nutters do

with their belongings


we drag with it

cries

and songs from our windows

news of the dead

and the dead-still-living

careless

oblivious to their fragile

fates


we bear the cruel

and their bizarre bursts of sound

their savage tongue

and we are stronger

ready to fight them

we carry some of them

already weakened to their downfall


the shadows are

terrifyingly more visible

and if we no longer know how to hold one another

they will teach us as they touch

before us

where the new lights crisscross

across the room

along the streets that we return to

step by step

on the walls

because the walls are

where they always were

and since we haven't forgotten

how to sing and to dance

that's what we'll do

as we tear them down

or paint them in colours new


Let's go



Translated by Sabela Guy





Lelena Lucas was born in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. She's a visual artist, a writer, a choreographer, and manages the dancing school Corpo Escola de Dança.


Sabela Guy studied French and Portuguese and is currently doing a Master’s in History of Art. Her particular interests lie in poetry, photographic literature and the French Impressionist period.




Née à Belo Horizonte (Minas Gerais, Brésil), Lelena Lucas est artiste, écrivaine et chorégraphe. Elle coordonne le Corpo Escola de Dança (au sein du Grupo Corpo).





268 views0 comments

Recent Posts

See All